O cachorro Skel da Parnaíba

Texto transcrito por Diderot Mavignier do Almanaque da Parnaíba de 1935. SKEL – é o cão feliz e agradecido que mora na residência dos ingleses da Booth. Sem hesitação e sem preguiça, acompanha os donos para qualquer parte, sempre alegre folgazão e cheio de vida. É notável pela robustez do corpo, pela vivacidade do olhar…

O Laborioso e Pitoresco Porto Salgado da Parnaíba – Piauí

O texto a seguir foi extraído do Almanaque da Parnaíba de 1938, escrito em 1937, por Raimundo Sousa Lima, e transcrito por Diderot Mavignier. Até os anos de 1970, o que chamamos hoje de Porto das Barcas era o histórico Porto Salgado, pelo grande desembarque de sal, consumido pelas oficinas de couro e carne salgada….

Instituto Histórico de Parnaíba está em obras para atender estudantes, pesquisadores e turistas

O Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Parnaíba, o IHGGP, na rua Duque de Caxias, região do centro antigo de Parnaíba, está em obras na sua parte interna. O anúncio foi feito pelo presidente Reginaldo Nascimento Júnior nesse início da semana. Segundo Reginaldo Júnior, estão sendo realizadas obras de conserto de paredes, forros, assoalhos, escadarias,…

Escritores e artistas vão pedir a Arlindo Leão uma melhor destinação para a Praça dos Poetas

Construída e inaugurada durante a administração do prefeito Paulo Eudes Carneiro, por volta de 2002, a Praça dos Poetas na região do centro histórico de Parnaíba está descaracterizada de sua finalidade, suja e seus equipamentos de decoração danificados. No seu redor foi tomada por uma quantidade de barracas onde se vende de tudo. Relógios, roupas,…

Nossa Senhora da Saúde da Parnahyba

Matriz de Nossa Senhora Mãe da Divina Graça. Parnahyba – PI. Mal a Parnahyba se livrava dos horrores da Guerra do Paraguai, dois eventos marcaram a cidade nos anos 70 do século XIX: a seca e a varíola. O homem, desde as mais remotas eras, conviveu com as adversidades. Entre estas, estavam as doenças, contra…

Um crime em 1842: o assassinato do coronel Antônio Raimundo Dias de Seixas e Silva na Parnahiba

O passado é didático, e a pedagogia da História nos ensina que o Brasil sempre foi um país violento. Antes de Cabral, os índios viviam em eterna disputa, onde a sentença da antropofagia era decretada pelos mais simples motivos. Por um simples papagaio, travavam guerras intermináveis. Durante séculos, a escravidão de índios e negros aos…