Gogó de Sola o seresteiro da Parnaíba

Pouco mais uns minutos das oito da manhã e Raimundo Isidoro Castro, o Gogó de Sola, vindo dos Tucuns, já estava na porta do Hotel Carneiro esperando que um hóspede que ele sabia ter vindo do Rio de Janeiro, saísse do quarto pra que naquela conversa demorada e com a voz grossa que lhe deu…

O desalendo dos estivadores Saracura, Ribinha e Beija Flor, após o fechamento do escritório da Booth Line na Parnaíba de 1947

Tião Saracura, Ribinha e Beija Flor estavam ali de cócoras naquela manhã de janeiro em cima dos alicerces de uma construção e olhando pra o escritório da Booth Line na rua Grande, sem ter ninguém que pudesse dizer o que havia ocorrido pra empresa estar fechada a uma hora daquelas. Mas veio de lá da…

José Luiz de Carvalho festeja os vinte anos da Coletânea de Poetas Buritienses Contemporâneos

O escritor José Luiz de Carvalho, atual presidente da Academia Parnaibana de Letras, declarou nesta segunda-feira (17) que está organizando para ser montada e com lançamento previsto no próximo ano, a Coletânea de Escritores Buritienses Contemporâneos, entre jovens, antigos e novatos, retomando nos estudantes e no público em geral o gosto pela literatura regional. Esta…

A Parnaíba de 1946 e a galinha pedrês da menina Mundica

Agora dava pra ficar o dia inteiro atrás de pedaços de pano e de agulhas, escondendo a tesoura da mãe e dizendo que queria ser costureira. Imagine uma coisa dessas numa menina boa de estar na cozinha ajudando dona Ana nos que fazer? Mas era assim agora o dia todo de todo dia. Esquecia até…